O verbo e a carne: Uma arqueologia do corpo nos manuais escolares franceses de moral e de higiene (1880-1974)

Código: 9786586123760
R$ 70,00
ou R$ 68,25 via Depósito
Comprar Estoque: Disponível
  • R$ 68,25 Deposito
  • R$ 70,00 PayPal
  • R$ 68,60 Boleto Bancário
  • R$ 70,00 American Express, Visa, Diners, Mastercard, Aura, Hipercard, Elo
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

Jacques Gleise
ISBN  9786586123760
224 páginas


Manuais de higiene e de moral. Na forma de livro, de letra, de discurso, uma prescrição sobre e para o corpo: “os manuais são um verbo dirigido à carne, com o objetivo de civilizá-la e ordená-la, desde a mais tenra idade e provavelmente de forma bastante constante”. Os manuais apontam sobre o que pode e o que não pode o corpo; dizem sobre o que se deve e o que não se deve fazer com os desejos. Educar o corpo é também e, sobretudo, educar suas vontades – educando seus órgãos, tecido, pensamento. Controlar vícios e pecados. Nada escapa e tudo lhe dá contorno: o asseio, a sobriedade, a temperança, o trabalho, o exercício físico, a saúde. Jacques Gleyse, com uma pujante pesquisa sobre os manuais franceses publicados entre fins do século XIX até os anos 1970 do século XX, nos conta como, com eficácia, o verbo pousou na carne, controlando-a e domesticando-a, constituindo um potente discurso de biopoder.

Andrea Moreno
Professora Titular da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais

R$ 70,00
ou R$ 68,25 via Depósito
Comprar Estoque: Disponível
Pague com
  • PagHiper
Selos
  • Site Seguro

Editora Liber Ars Ltda. - CNPJ: 13.794.606/0001-98 © Todos os direitos reservados. 2020